sábado, 6 de dezembro de 2014

POLICIA DA PARAÍBA PRENDE SUSPEITO DE PARTICIPAR DE ASSALTO AOS CORREIOS DE MAJOR SALES


Suspeito de participar de assalto que resultou na morte de PM foi preso

Ampliar Vídeo

Na tarde desta última quarta-feira (03) o suspeito de matar um policial militar durante assalto no inicio do mês de novembro passado foi preso pelo Grupo Tático Especial – GTE da Polícia Civil. A prisão do indivíduo ocorreu no Bairro da Estação na cidade de Sousa (442 km de João Pessoa). Segundo informações, após investigação do GTE, a equipe localizou Delano Marques Cipriano de 31 anos que estava em um veículo Hilux quando foi abordado pela equipe policial, no momento ele apresentou um documento falso em nome de Delanio Oliveira Lopes. Após verificar no sistema a polícia constatou que a documentação do indivíduo era falsa. Diante dos fatos os policiais foram até a residência de Delano onde foi feito uma busca domiciliar sendo encontrados 02 kg de crack, uma quantia de 445 reais em dinheiro, aparelhos celulares e vários documentos falsos. Foi verificado também que Delano tem um mandado de prisão do Rio Grande do Norte pelo crime de tráfico de droga. De acordo com o Delegado Regional Sylvio Rabello, o homem detido pelo GTE é considerado de alta periculosidade. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Sousa e em seguida recolhido para a Colônia Penal Agrícola onde está à disposição do Poder Judiciário. Ele ainda é suspeito de envolvimento a roubos de caixa eletrônico e a polícia acredita que Delano teve participação no assalto aos Correios de Major Sales no Rio Grande do Norte que resultou na morte do policial militar Alexandro Oliveira de 34 anos (veja vídeo abaixo). No vídeo, as câmeras registraram o fato ocorrido no dia 11 de novembro deste ano onde o PM entra na agência, mas ao perceber que se tratava de um assalto tenta sair quando é abordado por um dos assaltantes, ele tenta sacar a arma, porém o meliante saca primeiro e efetua vários disparos ocasionando a morte do policial. O outro bandido que aparece nas imagens foi morto no mesmo dia após um cerco feito pela polícia onde houve um intenso tiroteio. Já o segundo homem envolvido a polícia acredita ser Delano que foi detido ontem e que no dia do crime teria conseguido fugir

0 comentários:

Postar um comentário

IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”;

 
CARCARÁ PARELHAS | by TNB ©2010