segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Presos serram grade de cela e fogem de cadeia pública na Paraíba



Dois presos da Cadeia Pública da cidade de Areia, do Brejo do estado, fugiram na manhã desta segunda-feira (24).

A informação foi confirmada pelo diretor da unidade prisional, FernandoSantos. Ao portal Correio, o diretor informou que, por volta das 5h30, os detentos Cícero Alan da Silva, o ‘Mácio’, e José Antônio de França Filho, o ‘Mancha’, serraram as grades da cela e fugiram.

“Os apenados pularam o muro utilizando uma corda feita de tecido conhecida como ‘Teresa’ e se evadiram do local”, confirmou Santos. De acordo com o diretor, apenas um agente penitenciário e um policial militar fazem a segurança da cadeia pública. A unidade tem capacidade para 20 presos, mas aloja 38 detentos.

O delegado da Polícia Civil da cidade, Eduardo Portela, José Antônio foi um dos presos durante uma operação policial na cidade onde um grupo foi preso suspeito de assaltos e arrombamento de casa em Areia. “Mancha é um preso perigoso e suspeito de promover arrastões na zona rural da cidade.

Ele foi detido durante a ‘Operação Amparo’, realizada em outubro deste ano. O jovem integra a quadrilha perigosa que invade residências e obriga reféns a cozinhar para bando”, revelou o delegado.via sertaonamidia.com.br
Curta nossa página no Facebook e fique atualizado em tempo real. https://www.facebook.com/sertaonamidia

0 comentários:

Postar um comentário

IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”;

 
CARCARÁ PARELHAS | by TNB ©2010