sábado, 15 de novembro de 2014

PIB da Paraíba cresce quatro vezes mais do que a média nacional...




O Produto Interno Bruto (PIB) da Paraíba cresceu em 2012 quatro vezes mais do que a média nacional.


Enquanto o PIB brasileiro cresceu 1%, a economia paraibana apresentou alta de 4% em relação ao ano anterior (2011), tendo alcançado a cifra de R$ 38,731 bilhões.


Os setores do comércio e da construção civil foram os que mais impulsionaram o crescimento no estado.



As informações foram divulgados nesta sexta-feira (14) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e pelo Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual da Paraíba (Ideme).


O setor de serviços representou uma contribuição de 3 pontos percentuais, dos quais 1,5 vieram do comércio, que cresceu 10,6% em relação a 2011. A indústria contribuiu com 1,9 ponto percentual no crescimento do PIB estadual, tendo apresentado uma taxa de crescimento de 8,6 % em relação ao ano anterior. Dentro da atividade industrial, o setor que apresentou mais crescimento foi a construção civil, com 16,8%, tendo contribuído com 1 ponto percentual para o crescimento do PIB.


O chefe da unidade estadual do IBGE na Paraíba, Roberto Salgado, destacou que o comércio vem puxando o crescimento da economia nos últimos 10 anos. Já o setor da agropecuária sofreu queda de 26,6%, e contribuiu negativamente para o PIB (-1,2 ponto percentual). Para Roberto Salgado, a agropecuária vem sofrendo um achatamento ante os outros setores que estão crescendo, mas o fator climático foi decisivo para o resultado negativo do setor.


O IBGE, que está refazendo a base de cálculo do PIB, não divulgou o crescimento dos demais Estados deflacionados, mas apenas nominal. Sem deflacionar o PIB, o índice de crescimento do PIB paraibano cresceu 8,6% em 2012 sobre o anterior e foi o terceiro maior do Nordeste, ficando atrás apenas de Pernambuco e do Maranhão, que empataram com 11,6% de crescimento cada. A Paraíba, no entanto, continua na mesma posição nos rankings regional e nacional, ficando com o sexto lugar do Nordeste e na 19ª posição no Brasil. A participação do Estado no PIB nacional manteve-se em 0,9%.


Do JPBvia sertaonamidia.com.br
Curta nossa página no Facebook e fique atualizado em tempo real. https://www.facebook.com/sertaonamidia

0 comentários:

Postar um comentário

IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”;

 
CARCARÁ PARELHAS | by TNB ©2010