sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Kelps critica tratamento desumano contra Policiais Militares de Mossoró‏



O deputado Kelps Lima vai ao Comando da Polícia pedir apuração das queixas feitas pelos policiais militares de Mossoró sobre tratamento desumano ao qual estão sendo submetidos pelo Governo do Estado.

As reclamações lhe foram relatadas pelo presidente do partido Solidariedade em Mossoró, vereador Soldado Jadson.

A situação chegou a tal ponto que o presidente da Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM), Soldado Tony, ingressou com representação criminal por abuso de autoridade contra o comando do 12° Batalhão de Polícia Militar, unidade que, segundo o dirigente, tem insistido na prática de escala com jornada excessiva, como a que foi imposta ao próprio Tony por ocasião do pleito eleitoral do último dia 05, onde trabalhou 37 horas ininterruptas.

O deputado Kelps Lima vai acompanhar uma comissão de policiais militares até o Comando Geral da PM, em Natal, para formalizar um pedido de investigação interna da situação a qual os PMs estão sendo submetidos. "Há relatos de que as diárias operacionais da Copa do Mundo ainda não foram pagas".via sertaonamidia.com.br
Curta nossa página no Facebook e fique atualizado em tempo real. https://www.facebook.com/sertaonamidia

0 comentários:

Postar um comentário

IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”;

 
CARCARÁ PARELHAS | by TNB ©2010