domingo, 26 de outubro de 2014

Eleitor é morto a tiros dentro de escola durante votação na cidade de Mossoró



Do G1 RN
Fotos: Marcelino Neto / O Câmera


Um eleitor foi assassinado a tiros dentro da Escola Municipal Professora Celina Guimarães, no bairro Barrocas, em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte.


A vítima é um jovem de 20 anos identificado como Robson Diego de Moura Soares. Segundo o sargento Alfredo Carneiro, do 2º Batalhão da PM, a votação foi suspensa até a retirada do corpo.


O advogado Kennedy Diógenes, que estava na escola no momento do crime, disse que o rapaz teria tentado se esconder em uma seção eleitoral após levar um primeiro disparo. O criminoso conseguiu fugir.


O local é um dos que receberam reforço do Exército para a segurança nas eleições no município.

O policial militar explicou que o jovem estava na fila de votação quando um homem se aproximou e começou a atirar. "O que sabemos é que membros de um grupo de gangues se encontrou aqui dentro da escola e se estranharam. Na troca de tiros, o rapaz foi baleado", explicou.


A polícia não confirmou se Robson fazia parte de um dos grupos rivais. A votação foi suspensa até a retirada do corpo. A PM isolou o local e aguarda a chegada da equipe do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep-RN) de Mossoró.via sertaonamidia.com.br
Curta nossa página no Facebook e fique atualizado em tempo real. https://www.facebook.com/sertaonamidia

0 comentários:

Postar um comentário

IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”;

 
CARCARÁ PARELHAS | by TNB ©2010