terça-feira, 14 de outubro de 2014

Dois assaltantes morrem e outros 2 ficam feridos em troca de tiros com policiais do Raio



Policiais do Raio trocam tiros com bandidos no CE


Dois assaltantes, de 21 e 15 anos, foram mortos na noite da última segunda-feira (13) após troca de tiros com policiais da Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio). Os homens faziam parte de uma quadrilha que havia assaltado um automóvel importado na Rua Donzela Nunes, no bairro Bonsucesso. O veículo, da marca SsangYong, é de propriedade de um alemão que mora em Fortaleza.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), os suspeitos estavam armados com 2revólveres calibre 38 quando abordaram a vítima e anunciaram o assalto. Os assaltantes foram perseguidos por uma equipe do Raio que atendeu prontamente à ocorrência. Na fuga, eles acabaram colidindo com uma motocicleta e em seguida se chocaram com um poste.

Os assaltantes baleados ainda chegaram a ser levados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Autran Nunes, mas não resistiram aos ferimentos. Os outros 2 envolvidos, de 17 e 16 anos, também ficaram feridos na troca de tiros. Os adolescentes foram apreendidos e encaminhados à Delegácia da Criança e do Adolescente (DCA).

Troca de tiros deixa homem morto no bairro do Cocó
Uma outra ação semelhante também foi registrada na noite da última segunda-feira (13), no bairro do Cocó. Um homem foi morto por policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), após trocar tiros com os agentes na Rua Santa Terezinha.



Dois assaltantes abordaram um veículo Gol, que estava parado em um congestionamento, quebraram o vidro e levaram a bolsa de uma passageira e o celular do motorista. Na fuga, policiais balearam um dos homens, mas o outro conseguiu fugir pelo mangue.

Diário do Nordeste via sertaonamidia.com.br
Curta nossa página no Facebook e fique atualizado em tempo real. https://www.facebook.com/sertaonamidia

0 comentários:

Postar um comentário

IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”;

 
CARCARÁ PARELHAS | by TNB ©2010