quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Ação da PRF e PF resulta em uma apreensão de 149 quilos de maconha na BR 101, em Santa Rita



Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e da Polícia Federal (PF) apreenderam na tarde de hoje (01) um carregamento de maconha no bairro Tibiri, em Santa Rita. O homem que transportava a droga estava armado e em um carro clonado.




Os policiais estavam realizando uma Blitz no quilômetro 69 da BR 101, no município de Santa Rita, quando solicitaram a parada de uma caminhoneta Toyota Hilux, que seguia no sentido Natal/João pessoa. O motorista não atendeu a ordem de parada e empreendeu fuga. De imediato uma equipe da PRF iniciou a perseguição ao suspeito pela BR 101, até que em em um determinado momento o fugitivo freou bruscamente o carro com o objetivo de fazer com que o veículo da PRF colidisse na traseira da Hilux, para interromper a perseguição. Houve um choque, mas os agentes continuaram na tentativa de detê-lo. Alguns quilômetros depois o motorista da caminhoneta deixou a BR e entrou no bairro de Tibiri, que fica à margem da rodovia, em Santa Rita, na tentativa de despistar a equipe de policiais. Já dentro do bairro, ele colidiu em GM Classic e continuou fugindo, chamando a atenção dos populares da localidade. Finalmente, na principal avenida de Tibiri ele foi alcançado pelos PRFs e detido.




Maconha – Durante a revista ao veículo os policiais encontraram 171 tabletes de maconha prensada, totalizando 149 quilos da droga. Ele confessou aos agentes que foi pago para trazer o carregamento de Parnamirim, no Rio Grande do Norte, até João Pessoa. Com ele foi encontrado um revólver Taurus, calibre 357, de uso restrito, com 23 munições. Os PRFs descobriram também que a Hilux usada pelo suspeito é na verdade um “dublê”; termo utilizado quando um carro, normalmente roubado, passa por uma série de alterações ilícitas, tais como: remarcação de número de chassis, remarcação de número de motor e vidros, colocação de uma nova placa, além da falsificação de documento com dados do veículo original, todos de um carro igual e legalizado, para circular livremente.




O preso, juntamente com a droga e o carro, foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal em Cabedelo.






Assessoria de Comunicação Social/PRFvia sertaonamidia.com.br
Curta nossa página no Facebook e fique atualizado em tempo real. https://www.facebook.com/sertaonamidia

0 comentários:

Postar um comentário

IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”;

 
CARCARÁ PARELHAS | by TNB ©2010