sábado, 27 de setembro de 2014

Caraúbas/RN: Médico foi detido pela Polícia Civil após se recusar a fazer exame de Corpo Delito em cinco pessoas presas pela PC


Colunista nossoparanarn



Policiais Civis de Caraúbas, na região Oeste do Rio Grande do Norte, prenderam em flagrante delito na noite de ontem, um médico plantonista do Hospital local, pelo crime de desobediência.



Segundo a Polícia, o médico se recusou a fazer exames de corpo delito em cinco pessoas que haviam sido presas por policiais civis naquela cidade.


O Médico argumentou que não é obrigado pela lei, fazer esse tipo de exame, mas os Policiais entenderam que o médico estaria criando obstáculos a conclusão dos procedimentos policiais.


Após ser confeccionado um Termo Circunstanciado de Ocorrência, em desfavor do Mesmo, na Delegacia de Polícia Civil, ele foi liberado mediante fiança arbitrada pelo delegado.

via sertaonamidia.com.br
Curta nossa página no Facebook e fique atualizado em tempo real. https://www.facebook.com/sertaonamidia

0 comentários:

Postar um comentário

IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”;

 
CARCARÁ PARELHAS | by TNB ©2010