segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Bando explode caixa do Bradesco em Baía Formosa, dois estão presos





A notícia com credibilidade - Dois homens foram presos na madrugada desta segunda-feira (15) suspeitos de explodirem caixas eletrônicos do banco Bradesco que ficam dentro de usina de cana de açúcar no município de Baía Formosa.

Os suspeitos estavam em uma van com outros oito homens e foram detidos quando passavam pelo município de Canguaretama. Com eles foi encontrada uma mala com o dinheiro levado dos terminais. A prisão aconteceu após a polícia receber a informação sobre a explosão do caixa da usina Estivas, em Baía Formosa.

Os policiais reportaram que o grupo fugiu da usina em uma van e nos passou as características do veículo. Uma equipe do GTO (Grupo Tático Operacional) de Canguaretama fez a abordagem na BR-101 e quando o veículo parou, oito suspeitos correram para dentro do matagal.


Dois que ficaram no veículo foram presos. Com a dupla foram encontrados “chupacabras”, além de ferramentas usadas para explodir o terminal bancário. Com a dupla estava também uma mala cheia de dinheiro. Tem pelo menos 10 policiais só para fazer a contagem do dinheiro recuperado.

O grupo foi encaminhado para a Delegacia de Canguaretama. Durante o depoimento, os criminosos disseram que estavam levando um grupo para um comício em Natal e não souberam explicar de onde era o dinheiro que estava na mala. A polícia ainda não tem informações sobre o paradeiro dos outros oito suspeitos.


via sertaonamidia.com.br
Curta nossa página no Facebook e fique atualizado em tempo real. https://www.facebook.com/sertaonamidia

0 comentários:

Postar um comentário

IV – “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

VI - é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, a proteção aos locais de culto e a suas liturgias;

VIII - ninguém será privado de direitos por motivo de crença religiosa ou de convicção filosófica ou política, salvo se as invocar para eximir-se de obrigação legal a todos imposta e recusar-se a cumprir prestação alternativa, fixada em lei;

IX – é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença”;

 
CARCARÁ PARELHAS | by TNB ©2010